domingo, 4 de setembro de 2011

3 meses

Sim! Eu aprendi a contar a algum tempo, se minha filha nasceu em 14 de junho você ainda não está com 3 meses, mas não é esse o ponto da coisa. O ponto é que você já está com quase 3 meses, o tempo tem voado e a cada dia que passa você fica mais esperta, mais linda, mais geniosa (coisa que puxou da mãe), faz caretas (ai o culpado sou eu) e você esta cada dia que passa fazendo da vida de muitas pessoas cada vez mais feliz.


Os Bisos mais apaixonados do mundo, que fazem de tudo por você.


O Dindo que parece maltratar você, mas na verdade só tá dando um carinho.


A Dinda que tanto ama você.


O dindo Dani que tanto te beija.


Os amigos de papai e mamãe


A Vó Lori, que cuida você todo dia.


A Vó Jussara, que cuida você de vez em quando.

Entre tantas e tantas outras pessoas. Papai sabe que ninguém lê esse blog, mas não tem problema, só escrevo pra que você quando crescer e poder entender, saíba oque todos estavam pensando quanto a você minha filha. É como se fosse um diário virtual, pra você perder um tempinho lendo e pensando, que gente boba. Essa bando de gente boba, fora todos aqueles que não estão aqui, primos, primas, tios, tias, conhecidos, todo mundo que deixei um pouco para depois, que te amam e sonhavam com você desde sempre. São tantas pessoas (não fica convencida) que seria difícil colocar todos aqui.

Mas pra que fique bem claro (e sei que vão me xingar por causa disso) tem duas pessoas, só duas, que tenho certeza, darão a vida por ti. Farão o possível e o impossível por ti, sem demagogia, farão como se diz "das tripas coração", pra que você cresça  linda, forte, saudável, inteligente e linda linda como você já é. Por que você realizou o sonho mais importante dos dois, ser mãe e pai. E eu sei, que muitas vezes vamos brigar, discutir, ficar chateados um com o outro, mas tua mãe e eu, sempre estaremos fazendo o melhor pra ti, mesmo que na hora você não entenda os nossos motivos, mesmo que na hora você sinta raiva, é e sempre será pelo teu bem.

São coisas que hoje você não entende, mas você e sua mãe tem uma ligação de carne e espirito, ela sempre vai ser sua mãe e só ela. Ela passou apertos grandes pra te carregar, gerar, zelar mas sempre feliz, porque você é o que ela mais queria. Todas as noites sem dormir, dormindo mal, com dificuldades pra caminhar, dormir, tomar banho, coisas que ela não reclamava apenas eram pequenas dificuldades pra um bem maior, você. Vocês tem um gênio forte, tu e tua mãe, como eu sei, conheço a única coisa que é minha de verdade na vida você, sei que teu gênio vai ser bem explosivo. Mas quero que você saiba que na vida ela sempre estará lá pra você pra tudo, tudo, sem falta. 


Eu não conto, hehe. Você é pra mim, apenas a vida que bate no meu coração, o sangue a carne. Eu ainda não consegui achar palavras pra qualificar, quantificar, determinar ou o que for o tanto que você representa na minha vida. Nunca vou poder expressar o tanto que te amo, o tanto que vou me esforçar para você ter orgulho de mim, ter alegria em saber que eu sou teu pai. Te amo minha filha e isso só vai aumentar com o passar do tempo. TE AMO!

E lembre-se nada, nunca vai ser o suficiente pra dizer o tanto que te amamos, nunca. 

Babinhas minha pra você minha Princesa, porque o papai baba muito por você :$

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Assim nasce uma estrela

Pode parecer tarde, ou que eu não me importei em escrever, ou qualquer outra coisa, mas de verdade não é. Eu só tive tempo e animo pra estar aqui agora, o tom é sério mas estou muito mais feliz do que a felicidade pode expressar. Passamos momentos felizes durante a gestação, as madrugadas em que passei acordado conversando com você, lhe falando sobre a vida, música, esportes, literatura, filmes e tudo o que é importante na vida. Hoje sei que você ouviu tudo e que um dia vai aproveitar tudo o que já conversamos.

Sei que você vai crescer como a linda criança que você é, que vai ser muito inteligente, vai ser uma mulher maravilhosa. Desde já te vejo como a filha mais especial do mundo, mais importante que alguém pode ter. Sei que o tempo vai passar voando e logo você vai estar me chamando pelo nome "Cleyton" e que logo depois vai me chamar de papai, só pra me pedir alguma coisa, só espero poder aproveitar cada instante ao teu lado e se um dia você ler isso, você possa sorrir e me beijar o rosto. Espero que entenda tudo o que faço por você, espero que seja uma vida tranquila, que eu possa te dar tudo o que você merece.

Quando olho teus olhinhos, vejo tua boquinha, teus pezinhos, mãozinhas, orelhinhas, tudo o que fazem de você uma sementinha minha, me enchem o coração de amor, porque o que sinto por você é muito mais do que amor, mas só conheço essa palavra pra representar, e neste momento em que estou com os olhos mareados, com a garganta embolada e o peito dolorido de saudade, declaro meu eterno amor pra você minha filha, você nada mais é do que a razão da minha vida, o motivo pelo qual eu estou vivo e feliz. Mais que feliz por que você é tudo o que sempre sonhei e mais.

Te amo Rafaelly, conta sempre com teu pai, ele é bobo (babão) e sempre vai dar a vida por você, hoje e sempre.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Princesa Rafaelly


Dia 8 de maio eu cumpeto 8 meises, a mamãe ta toda felize que eu to linda e gostosa, a gostosura do meu papai. Papai ainda tá balançando a cabeça e dizendo "sim pra me enlouquecer que nem a mãe dela". Agora eu já tenho um nome Pinceza Rafaelly, linda e fofa, como dize minha vó Ussara. Eu ainda to na baiga da mamãe e fico xutano ela toda hora, mas só condi o meu papai num ta perto (perto dele me compoto, pra ele achar que eu sou calminha rsrsrsrrs).

Logo, logo eu vou ta xorando e berrando no uvido do meu papai e da minha mamãe, to loka pa bincar com a Edy, eu amo a Edy. Vou puxa as olelha dela, monta, puxa e puxa, só poque eu amo ela.

A mamãe ta fazeno um xá de falda pa mim, pa eu ganha muita rupinha de pesente, a biza Oóla já me deu e a dinda Nana tamem, eu adolo pesente, pode da basatante ta tios e tias empestados. Até papai já me compo umas ropa bem munita. Poque eu sou linda e gostosa dele (nunca vi tanto amole assim). Mas eu amo meu papai tamem, ele tabaia muito po mim e a mamãe me cuida na minha casinha bem gostosa.

Ma num esquece zente meze que vem eu já to por ai, pode peparar pa festa que eu vou bincar muito, pincipalmente com a Edy.

Babinhas minhas pa todos.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Rosa



Eu vivo em mundo cor de rosa com amarelo limão. Depois de cinco meses de espera Mamãe Kelly e eu descobrimos que nosso bebê é uma menina. O que pra alegria de todos foi a melhor notícia do ano. Todos contavam ou ansiavam uma menina, só eu na verdade tinha sempre certeza. É estranho explicar mas eu sempre soube que era uma menina, não tem mandinga, nem bruxaria, eu só sabia que era uma menina e Mamãe Kelly queria tanto uma menina que nunca nos preparamos pra um menino.

Eu não consigo explicar, eu sempre soube, como já disse, mas, conceber a realidade disso foi diferente pra mim. Eu não aguentei, chorei. E eu não queria, não quero que minha princesinha veja o pai chorando (mesmo que da barriga da mamãe). Quero ser alguém melhor, mais forte, alguém em quem ela possa se espelhar, confiar e contar para tudo. Sei que ter chorado naquele momento não me diminui perante minha filha, mas quero começar desde já. Não quero que a mãe dela me veja chorando, já chorei muito. Agora é só alegrias e sorrisos.

Eu já vi tudo, o quarto rosa, lilás, amarelo limão, roxo, todas as cores que a mãe dela gosta. Todas as matizes que ela quiser, porque nossa bonequinha merece um mundo feliz e colorido. Quero que ela saiba que papai e mamãe amam ela mais que tudo, quero que ela saiba que é a razão da vida do papai. Quero que ela nasça e saiba que vivemos para ela, que ela é o resultado de um amor que foi lindo e ela será muito amada por todos.

Me perco em pensamentos e imagens, mãozinhas, pézinhos, roupinhas nas lojas, tudo pra mim é motivo para sorrisos. Essa princesinha que vai ser a mais linda do mundo, tornou a vida do papai e da mamãe em algo maravilhoso. Obrigado meu amor, minha princesinha.

Babinhas da princesinha pra todos!

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Eu num tenho!


Oi eu sou o Bebê, eu num nasci ainda, mamãe dize que dia oito de fevereiro eu to fazendo niver de cinco mês. Eu to lindão, bem gostoso e sempre escuto meu papai dizendo que vai morder meus calcanhar e mamãe vai morder minhas dobrinhas e me esmagula, (ente nós num entendo pq). Mas vim aqui pa dizer que eu num tenho nome. Até pq papai e mamãe num sabem o que eu sou, se um menino ou uma menina.

Vó Oóla  e a vó Ussara dize que sou menina, o papai acha que sou uma menina, (mas ele dize isso e balança a cabeça e dize: "sim pra me enlouquecer que nem a mãe dela"), num sei pq eu sou um amor! A vó Oli fala de menino e menina, o tio Doni num fala nada, mas eu amo ele tamem. O Dindo Dinho dize que quer menino, a mamãe ta em dúvida. Mas no fim só quero fazer xixi e coco pu meu papai limpar, ele vai adorar isso; hummm a história de enlouquecer acho que to entendeno.

Papai e mamãe já pensaram em tantos nomes de menino e menina: Lorenzo, Carlos Eduardo, Jorge, Nicolas, Matheus, Diana, Maria Eduarda, Nicole, Monica, Alexandra, Francine, Gabriela, Fabiane, Bianca, Barbara, Francielly, etc e muitos outos que eu num ouvi.

Mas num fim das contas eu só vou ganhar um nome depois que papai e mamãe me souber o que eu sou, se menino ou menina. O que pa mim é bom, já pensou se eu sou menino e papai fica na baiga da mamãe:
- Oi Barbara, tudo bom meu amor?

Pu favor né! rsrsrsrsrsrrs

Boa noite pa todo mundo, pus meus tios, tias, vôs, vós, originais ou empestados. Eu vou mimi que a mamãe ta mimindo com a Edy, eu amo a Edy. Edy, a Edy ta tendo uns pilipaques, rsrsrsrsrs.

Babinhas minhas pa todos mundo.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

\o/ - Não preciso dizer mais nada

E assim foi, com todo seu esplendor e gostosura, nosso bebê toma as formas de um anjo, com seus bracinhos e perninhas. Filmamos tudo dessa vez e sem perder nenhum lance, nosso sonho concretizado fica cada vez mais lindo. É um pouco bobo sim, mas só quem já viveu ou vai viver entendera toda essa alegria e amor. Não consegui escrever muito, porque o melhor é o vídeo, pipoca na mãe e vamos pra sessão.

Eu ainda não consegui concretizar, realizar, oficializar ou "deixar a ficha cair" mesmo, mas a cada dia que passa a cada nova emoção, meu coração dispara. E toda vez que me abordam - Oi Papai! - Fico mais e mais bobo.


Olhem com atenção, aos três minutos e cinquenta e cinco segundos, no ápice de sua gostosura, o bebê da uma reboladinha se ajeitando.

Babinhas do bebê para todos!



quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Dois meses

Sabe, dois meses na vida de alguém com seus setenta e oito anos não é nada. Mas dois meses na vida de alguém que esta aguardando um bebê é muito. Nós vivemos estes dois meses como outros tantos normais, mas aquela sensação, alegria, euforia nunca se dissiparam. A maior expectativa é o quarto mês que onde em média já conseguimos saber o sexo do bebê.


Indiferente do sexo, a espera que nos empolga, que faz os sonhos serem cada vez mais doces e fofinhos. Sinto que essa criança é mais que apenas um bebê, é o nascimento de um futuro de alegrias nas vidas de muitas pessoas, na minha principalmente. Que tanto sonhei com este momento, na da Mamãe Kelly que também desejava muito, nas vovós bobas e padrinhos e tios. Esse bebê abre um futuro maravilhoso, colorido e cheio de fraldas.

Babinhas dos bebês pra todos!